sexta-feira, 29 de junho de 2012

Nada de muito bom pra deixar por aqui.
Não fui à academia hoje.
Não fiz minha R.A da maneira como eu sei fazer.
Me comportei mal no churrasco e estou arrependida.
Acabei de chegar em casa e lí os comentários sobre o post de ontem, confesso que me senti mal. Tantas meninas lindas se preocupando comigo, tentando me ajudar e eu aqui, fazendo tudo errado.
Mas pelo menos hoje, depois de ler os comentários, estou acreditando que isso foi só um escorregão. E estou certa que por ser um escorregão, eu tenho duas opções: ficar no chão ou me levantar e começar tudo de novo.
Infelizmente eu não pude ler os comentários antes da minha última comilança, mas vou usar os "puxões de orelha" pra me ajudar amanhã. Tenho um café da tarde só das "luluzinhas" e prometo à mim mesma que irei me comportar.
Vai ser uma prova de fogo, porque tudo que é mais apetitoso pra mim, vai ter amanhã. Serão bolos, pães, chocolate quente e etc...
Pretendo voltar de lá orgulhosa de mim mesma.
Já planejei meu jantar de amanhã. Nada de sair pra barzinho, comer petiscos ou beliscar. Farei somente um caldo bem gostoso. Na verdade um creme de mandioquinha. Já modifiquei algumas coisas, fiz umas trocas saudáveis na receita e tenho certeza que ficará delicioso e magrinho nosso jantar.
E me comprometo a voltar a comer as frutas, porque na falta delas eu me rendo aos beliscos.
No mais, estou bem... estou indo.
Estou acreditando que essa má fase passou. TEM que ter passado.
E que venha o sábado. E que eu amanheça cheia de vontade.



Respire fundo e começe a se despedir do que te faz sentir vazia, dê as costas a tanto sofrimento vago e sem sentido. Abra os braços, deixe coisas boas fluirem a teu favor. Jogue fora tudo o que escreveu, manche novos cadernos. Está começando uma nova chance de se preencher.”


Hélida Carvalho

5 comentários:

Mary disse...

Nunca achei fácil, mas admiro quem persiste!

Força aí, amiga! Sacode a poeira e dá a volta por cima!

Beijo meu.

Mari disse...

Escorregar é mais comum do que a gente imagina. Tem escorregões que levam 1 dia, outros, 1 mês. É tudo relativo. O real da coisa é mesmo não desistir. Levantar e recomeçar. Não desistir de si mesma. Só isso que importa.

Ívian Ferreira disse...

Espero que seu encontro das luluzinhas vc possa aproveitar bastante pois é muito bom estar em boa companhia e se divertir, coma somente o necessario, um pouquinho de cada coisa e em casa mais tarde, faça refeições mais levinhas, compensando, é assim que faço. E quanto ao barzinho pode ir sem problemas, a gente está de RA e nem por isso devemos deixar d eter vida social, podemos sair sim, só que lá s policie nos petiscos e se planeje quanto à alimentação, não precisa ficar em casa.

MMantenha sua geladeira com frutinhas para sus refeições e se programe, aqui tento manter um planejamento das coisas que irei comer. Isso é questão de treino e hábito, com o tempo vc vai estar bem habituada e vai ficar quase automático, vc vai ver.

Bom fim de semana pra vc!!!

O importante é levantar e continuar. Bola para frente!!

Bjss

12 meses de mudanças! disse...

Oi Amiga!

O mais importante é que vc escolheu se levantar não é mesmo?!
Essa frase que vc deixou no final é linda...
" Abra os braços e deixe coisas boas fluirem a teu favor..." amei essa parte!
Bj

Joicy Viana disse...

Amiga nao eh um processo facil, e mtas vezes agente da umas escorregadas mesmo, eh normal. So nao pode eh continuar no mesmo erro, e vc ja tem consciencia disso e ja esta providenciando mudanças. Recomeçar sempre quando for necessario. Beijos e desejo um otimo final de semana, vc pode comer o que quiser nesse lanche, mas so saber regrar as quantidades. Beijos!